Como funcionam as Escolas Waldorf

A primeira Escola Waldorf surgiu em 1919, na Alemanha, sob a orientação de Rudolf Steiner. Ela foi criada a pedido de um industrial para atender aos filhos dos operários e funcionários da fábrica da qual era diretor. Foi uma experiência de sucesso.


A Pedagogia Waldorf conquistou o mundo. Cento e cinquenta mil alunos de diferentes etnias, crenças e culturas vivenciam a Pedagogia Waldorf em mais de 1000 escolas ao redor do planeta. A maioria destes estabelecimentos de ensino encontra-se na Europa – cerca de 700 – e na América do Norte – cerca de 160. As demais estão na América Latina, na África, Oceania e na distante Ásia. Ao lado dessas instituições, há, aproximadamente, 1600 Jardins de Infância, além de várias Escolas Públicas que utilizam a abordagem Waldorf. Cerca de 600 Institutos dedicam-se à formação de profissionais Waldorf ao redor do mundo – Brasil, Alemanha, Inglaterra, Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, entre outros.


No Brasil, a primeira Escola foi criada em 1956, em São Paulo. A partir de então, o movimento tem-se expandido com novas escolas em todas as regiões do país.


Não há administração central: cada escola é independente. Criada em 1998, a Federação das Escolas Waldorf no Brasil, FEWB, congrega todas as Escolas Waldorf existentes no país e reúne 62 instituições filiadas em todo o Brasil. Desde sua fundação, três marcos foram significativos na trajetória da FEWB: o início da colaboração do grupo de administradores das escolas, a filiação dos Jardins de Infância independentes, através das sete regionais e, por fim, a constituição do Conselho Deliberativo, composto por representantes das escolas, e o Conselho Consultivo.

A organização administrativa de cada instituição Waldorf também segue o princípio da autogestão. Cada escola é representada juridicamente por uma associação mantenedora (no Colégio Rudolf Steiner de Minas Gerais é a API – Associação Pedagógica Itacolomi), da qual participam professores, pais e pessoas interessadas pela gestão da escola que demonstram afinidade com os seus propósitos educativos e culturais. Do ponto de vista administrativo e pedagógico, as Escolas Waldorf atendem a todas as exigências legais, como qualquer outra escola.


Os pais e a família têm papel preponderante. Geralmente se entusiasmam pela proposta e colaboram para que ela possa ser viabilizada.

Rua Nossa Senhora de Fátima, 190

Jardinaves - Nova Lima/MG